“le temps détruit tout”

O peso da passagem do tempo surge reflectido na destruição das fachadas de algumas habitações. Partindo desta ideia, é apresentado um tempo transformado e reinventado. A destruição vê o seu valor elevado, sendo destacada ao ponto de ser observada quase como que “bonita”.
A intervenção realizada valoriza a degradação – passamos assim a ter algo novo. Há uma nova apresentação, visualmente estranha mas que complementa a composição das paredes – o facto de os elementos adicionados terem linhas verticais e horizontais fortes, tornam a composição final mais harmoniosa. Cada um dos elementos destacados para enaltecer a degradação, foi também ele individualmente associado a uma narrativa carregada pela passagem de um tempo.
EN
The weight of the passing of time is reflected in the tearing down of the façades of some dwellings. From this starting point, a time is presented which is transformed and reinvented. The destruction has its value increased, and it is highlighted to the point of almost being perceived as “good-looking”. The intervention carried out values the degradation – therefore, we wind up having something new. There is a new presentation, visually strange, but which complements the composition of the walls – the fact that the elements added bear strong, vertical and horizontal stripes, makes the final composition more harmonious. Each one of the elements chosen to praise degradation was also individually associated to a narrative leaden with the passing of time.

MarianaSantos_028_alterada

triptico_CHOCOLATE

MarianaSantos_026_alterada_PARTE2triptico_LEGOS

MarianaSantos_029_alteradatriptico_PIANO

MarianaSantos_027_alteradatriptico-DOMINO copy

MarianaSantos_025_alteradax